Comportamento do Futuro

Através do mapeamento das tendências de comportamento de consumo dos próximos cinco anos, identificamos as principais oportunidades de negócio para uma seguradora global.

Nosso desafio

Mapear quais eram as principais tendências que permeiam o futuros dos seguros para os próximos 5 anos e apresentar cases que ilustrassem a manifestação das tendências.

Além de mapear as tendências, nosso objetivo era ilustrar o conteúdo de maneira engajadora, que despertasse nos colaboradores o interesse em consumir o conteúdo e disseminá-lo entre os colegas.

Quais foram alguns dos top insights do projeto

Que a inovação vem para impactar tanto consumidores quanto funcionários e seu comportamento como colaboradores e que a seguradora precisa olhar bastante para dentro em seus hábitos e cultura para que a inovação se manifeste com autenticidade e genuinamente.

A necessidade de flexibilizar mais seus produtos para atender uma nova maneira de se enxergar e sobreviver a um mundo de constante mudança com velocidade exponencial.

Jornada de Projeto

Entrevistas de Profundidade com Especialistas

Etapa importante do projeto onde conversamos com 4 especialistas de áreas diferentes e extremamente complementares para traçar um panorama da sociedade e do mundo complexo em que vivemos (Conversa com Denis Russo). Conversamos com um especialista do mercado de seguros, que atuou anos como presidente da Porto e do Itaú Seguros e fundou sua própria corretora para enxergar o panorama do mercado e quais caminhos de negócio tínhamos pela frente (Marcelo Blay). Conversamos com um especialista em fintechs e insurtechs para entender caminhos e novas referências de como o mercado e as startups fomentam o universo, com agilidade para criar o novo e ser absorvido futuramente pelas grandes (Zé Prado).

E conversamos com um especialista em varejo e comportamento de consumo para abrir possibilidades de como as pessoas podem vir a mudar hábitos de consumo e isso impactar a maneira com que compramos seguros hoje (Jacques Méier).

Esses 4 pontos somam para gente maior conhecimento em negócios, novos negócios, sociedade e comportamento de consumo, nos dando macro caminhos de cenários futuros, que foram validados na pesquisa online.

Desk Research 

Pesquisa complementar e de aprofundamento às entrevistas de profundidade em busca de referências globais que impactam o mercado de seguro, como essas referências se evidenciam em cases, dados de impacto e manifestações de comportamento.

Processamento

Com a metodologia do Design Thinking levamos todas as informações online e offline para cruzar informações em uma parede e nos questionarmos nas possibilidades de mundo que o mercado de seguros poderia enfrentar. Com isso chegamos no mais apurado insight considerando as intersecções de informação provenientes das diversas fontes investigadas.

Report e Vídeo

Compilamos todos os projetos em um report com os temas muito bem clusterizados, facilitando a navegação dos colaboradores.
Para instigar a curiosidade de leitura, fizemos um vídeo de chamada e escolhemos muito bem o design, com dados se destacando para causar impacto e fotos com tons de “non-sense” para despertar a curiosidade.

 

“Acompanhar as tendências que estão transformando o nosso mundo é fundamental para que a Liberty Seguros continue oferecendo produtos e serviços cada vez mais inovadores e alinhados às expectativas dos consumidores”
– José Mello

 

“Dentre as tendências analisadas pelo estudo, temos a nova geração de empreendedores que, motivada em parte pela crise econômica, tem buscado trabalhos mais flexíveis, diferentes das carreiras tradicionais. Muitos desses jovens, que não se identificam com a visão de nenhuma grande empresa, criam suas próprias startups – o que se torna um desafio para o corretor e para as seguradoras interagir com esse público, que cada vez mais demanda diferentes tipos de proteção para seus bens e suas experiências, um exemplo de oferta para atender a esse público é o Liberty Home Office.”
– Patrícia Chacon – Head de Marketing e Estratégia